Fevereiro terá bandeira verde na energia elétrica

A cor da bandeira é definida mensalmente pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

 

O mecanismo reflete o custo mensal de geração para o consumidor. A bandeira tarifária continuará verde em fevereiro, quando não haverá adicional a ser pago pelo consumidor na fatura de energia elétrica. A sinalização é a mesma de janeiro e significa que as condições hidrológicas estão favoráveis e o Custo Variável Unitário (CVU) da última térmica a ser despachada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico ficará abaixo de R$ 211,28/MWh.

 

A cor da bandeira é definida mensalmente pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O mecanismo reflete o custo mensal de geração para o consumidor. Quando a bandeira é amarela, o CVU da última térmica a ser despachada é igual ou superior a 211,28 R$/MWh e inferior a 422,56 R $/MWh.

 

Quando ela é vermelha, esse custo oscila entre R$ 422,56/MWh e 610,00 R$/MWh no primeiro patamar de custo da bandeira, e fica acima de R$ 610,00 /MWh no segundo patamar. Nas duas situações, é cobrado adicional tarifário.